-
-

LONGA É A ARTE, TÃO BREVE A VIDA

-
-
-

sábado, 2 de agosto de 2008

São Francisco de Assis, de Sérgio Ferreira.

Eis que fala o mestre das artes:
- Cuidado com as palavras dos que não possuem visão religiosa, pois eles apenas lançam aos ventos pensamentos que dizem respeito aos seus ideais vazios e sem importância.
E eis que torna a alertar:
- Cuidado com aqueles que têm como objetivo somente os prazeres pessoais, pois do contrário tornar-se-ão tão pobres de conteúdo quanto as obras de arte enganosas.
Um homem pediu licença e disse:
- A religião, a filosofia, a ciência e a arte sempre foram pontos de referências para o homem compreender a vida. Tomemos cuidado então e busquemos prudência e astúcia para não sermos ludibriados por impostores com objetivos escusos.
Satisfeito com a atitude do povo que ali estava o mestre finalizou:
- Aprendam a distinguir as boas e as más obras para que depois não se transformem em charlatões que nada tem de verídico. Até quando esta falsa noção estará presente na mente e nos corações dos homens que profetizam e dos que são profetizados? Se um desses falsários perguntar: qual seu infortúnio, irmão? Não hesitem em responder: você.

Um comentário:

Taís Luso de Carvalho disse...

São Francisco pintado ou esculpido de qualquer jeito é sempre lindo; é o meu santo, o único. Exatamente porque é o protetor dos animais.

Um abraço
Tais