-
-

LONGA É A ARTE, TÃO BREVE A VIDA

-
-
-

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

São Francisco de Assis, de Laerpe Motta.

, mas a arte não para.
É preciso pintar em tons de esperança.

9 comentários:

Solyni disse...

Não duvido...Realmente, não só nas formas ou cores, mas até nas mais assustadoras escuridões encontramos pequenas gotas de esperança...Belo trabalho postado...Continue nesse caminho, esse blog pode ser uma esperança á aqueles que ainda não encontraram o caminho da mesma...
Bjs

VANUZA PANTALEÃO disse...

Meu amigo,
Eu tinha que vir aqui de qualquer maneira: pela Arte e por São Francisco, tão bem e modernamente pintado aqui. Ele merece!
E a você, o nosso desejo de um belo final de semana!!!

Fragmentos Betty Martins disse...

._________querido Patrickíssimo




na arte

____no sentir a vida_____urge que se pinte em cores de esperança...





:=}









beijO______ternO
b.domingo

Unseen Rajasthan disse...

What a lovely shot !!! This is so a beautiful post !!Unseen Rajasthan

. Intemporal . Paulo . disse...

. é sempre na esperança que a transposição do mundo se define e se ergue .

. rumo além .

. espero por ti, deste lado do atlântico .

. um abraç.íssimo meu, Patrick .

wallper.lima disse...

A doação em cores...mto bom!
Abraços.
Waleria Lima

Rabisco disse...

Este trabalho sobre São Francisco de Assis representa um abraço entre o moderno e o intemporal...

Tais Luso de Carvalho disse...

Oi, Patrick, São Francisco... Meu santo, por ser o protetor dos animais! Esse está divino! Bom gosto, amigo!

bjs e boa semana.
tais luso

Mente Hiperativa disse...

Gostei dessa versão digamos... mais dinâmica do santo.