-
-

LONGA É A ARTE, TÃO BREVE A VIDA

-
-
-

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Rosa de Hiroshima, de Vinícius de Morais e Gerson Conrad.

Meninos com pandorgas, de Érico Santos, 1993.

Pensem nas crianças
mudas, telepáticas
-
Duas meninas, de Bibiana Calderon, 2004.
Pensem nas meninas
cegas, inexatas
-
Mulheres, de Belmiro Barbosa de Almeida.
Pensem nas mulheres
rotas alteradas
-
Cristo e Maria, de Alberto da Veiga Guignard, 1961.
Pensem nas feridas
como rosas cálidas
-
Coração na rosa, de Pietrina Checcacci.
Mas, oh! Não se esqueçam
da rosa, da rosa
da rosa de Hiroshima
a rosa hereditária
-
Guernica, de Pablo Picasso, 1937.
A rosa radioativa
estúpida e inválida
a rosa com cirrose
a anti-rosa atômica
-
Rosa Amarela, de Aldemir Martins, 1963.
Sem cor, sem perfume
sem rosa, sem nada

8 comentários:

Fabricante de Sonhos disse...

Olá!
Conheci essa poesia pelo Cd do meu pai dos secos e molhados...
É linda não é? Triste, porém linda!
Uma triste verdade, que Vinícius transformou em poesia...
Grande Cara...
Adorei as obras...
Traduziram cada frase!

Um ótimo final de semana, viu?

Beijos grandes!

Fabricante...

wallper.lima disse...

postagem mto boa! Essa música fala do mundo, da vida, da estupidez, e nos leva a uma grande reflexão...e os quadros representam de fato mto bem tds as palavras, sentimentos, revolta...enfim, foram escolhidos à dedo.
Adorei seu comentário em meu blog,mto engraçado, mas tem um fundo de verdade.
Abraços.
Waleria.

Anônimo disse...

Bom dia, Patrick.

Que maravilha! Fico muito agradecido pela escolha de um trabalho meu para iniciar esta belíssima e bem composta seleção.
Um grande abraço
Erico

wallper.lima disse...

Oi Patrick, só passei aqui pra te dizer que tem um presente pra vc em meu blog.
Abraços.
Waleria.

Efigênia Coutinho disse...

Chegar hoje em seu espaço artístico e encontrar essas postagens foi soberbo, como você foi feliz nas escolhas , tanto da letra como das obras, sendo eu fiquei maravilhada com a primeira e a das meninas, onde os olhos azuis, são profundos e delicados ao mesmo tempo, PARABÉNS, sua escolha fez a festa,
Efigênia Coutinho

Fabricante de Sonhos disse...

Oi Patrick! Eu novamente...
Dessa vez, para desejar uma feliz páscoa para vc e para os seus!

beijo grande!

Fabricante...

Tais Luso de Carvalho disse...

Ops, estas obras com este poema do Vinicius?? E aquelas meninas da Bibiana...Valeu!

Teu blog está lindo, lindo!
bjs
tais luso

Mente Hiperativa disse...

Gosto muito dessa música. Quando ouvi pela primeira vez, ainda criança, não entendia nada, não alcançava a dimensão que ela trás. Só depois painho me explicou, me situou, aí então me apaixonei por ela.