-
-

LONGA É A ARTE, TÃO BREVE A VIDA

-
-
-

sábado, 13 de março de 2010

Cristo carregando a cruz, de Michelangelo di Ludovico Buonarroti Simoni, 1521 e Cristo na cruz, de Ferdinand-Victor Eugène Delacroix, 1845.

-
-
-
Podem a Bíblia e a Arte ser um dicionário?
-
-

-

5 comentários:

Solyni disse...

É inacreditável como a bíblia e a arte sempre andaram lado a lado, mesmo que as vezes em conflito, els sempre foram os caminhos para uma só ppalavra o "divino", tanto os traços de um pimtura, as feições de uma escutura...Quanto um poema ou um evangélho nos elevam a uma estado mais que humano, algo que entendemos por "alma pura"....
Arrasou nesse Patrick...
Estou sempre por aqui=D
bjks
╬♥╬

Fabricante de Sonhos disse...

Aiiiiiii que saudade daqui!
De vir até aqui e tomar a minha dose dessa arte pura e maravilhosa!
É vbom estra de volta meu amigo...
Belíssimas telas!

Tenha uma ótima semana!
Beijokas!
www.twitter.com/millaborges

JRonson disse...

Sao mais q um dicionario, e incrivel q ao longo dos tempos tiveram smpre d maos dadas, principalmente ate ao sec. XX, e mesmo s nao estao os valores estão sempre relacionados. acho q sera uma uniao eterna d facto :)

Tais Luso disse...

Oi, Patrick, sempre a 'Crucificação' é uma obra maravilhosa, causa compaixão, mexe com todas nossas emoções. Linda postagem.

bjs.

Luna disse...

A Biblia e a Arte podem ser um dicionário. Mas como podemos ver,existem diversas perspectivas, devido à dificil interpretação...