-
-

LONGA É A ARTE, TÃO BREVE A VIDA

-
-
-

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Farol e Barcos e Barco Azul, de Rafael Murió.

-
Mar azul
Mar azul - marco azul
Mar azul - marco azul - barco azul
Mar azul - marco azul - barco azul - arco azul
Mar azul - marco azul - barco azul - arco azul - ar azul

(Poema Mar Azul, de Ferreira Gullar)


5 comentários:

Paulo - Intemporal disse...

Patrick

afinal o re.encontro com o azul é aqui.

:))

e eu tão longe e tão perto.

:))

sublime. gostei muito.

e abraço-TE.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Você é como eu, sem arte não respiramos.
Adorei as bailarinas, verdadeiras poesias.
beijosssssssss
Postei sobre Conde Drácula, uma obra de arte, apareça.

Fabricante de Sonhos disse...

Apaixonante!
Simplesmente lindo!
As telas... O poema...

"Ah se eu fosse marinheiro..."

É sempre tão bom passar aqui....


Beijo meu...

Fabricante

Regina d'Ávila disse...

É doce morrer no mar..
Lindooooooooo!!
Passo sempre por aqui..é refrescante para os olhos e mente.
Bjssssss
Regina d´Ávila.

Anônimo disse...

Patrick, totalmente demais esses dois quadros.


Osvaldo.